notícias

Prêmio Gabo abre inscrições para sua décima edição

por | maio 6, 2022

Os vencedores ganharão uma viagem com todas as despesas pagas para participar da cerimônia de premiação, na Colômbia

Jornalistas de toda a Ibero-América têm até o dia 15 de junho para inscrever seus trabalhos no Prêmio Gabo 2022. Os conteúdos deverão ter sido publicados pela primeira vez entre 1º de julho de 2021 e 7 de junho de 2022. Para participar, o comunicador deverá se cadastrar nesta plataforma de inscrições. 

Em sua décima edição, a iniciativa da Fundação Gabo reconhecerá também projetos específicos em áudio e fotografia. A premiação passa de quatro a cinco categorias:

  • Texto: para o autor ou autores do melhor trabalho de jornalismo escrito.
  • Fotografia: para o autor ou autores do melhor trabalho de cobertura fotográfica.
  • Áudio: para o autor ou autores do melhor trabalho de jornalismo sonoro.
  • Imagem: para o autor ou autores do melhor trabalho jornalístico em audiovisual, vídeo, animação ou outras formas de visualização digital.
  • Cobertura: para o autor ou autores do melhor trabalho sobre notícias, investigações e temas da atualidade em qualquer tipo de formato ou linguagem.

Todos os trabalhos que cumpram com as regras da premiação serão submetidos a um processo de avaliação por um júri composto por mais de 50 jornalistas de prestígio. Depois das rodadas de avaliação, o grupo vai escolher 10 finalistas em cada categoria e, entre eles, os vencedores de cada uma.

Para a seleção, será levado em conta aspectos como inovação e originalidade na forma de contar histórias e se aproximar do público, a qualidade narrativa e o rigor no tratamento dos fatos, a independência e os valores éticos refletidos nos trabalhos, assim como o impacto obtido depois da publicação do trabalho, na etapa de distribuição. 

Os vencedores das cinco categorias serão convidados para a cerimônia oficial da premiação, que voltará a ser realizada de maneira presencial depois de dois anos de pandemia. Eles também receberão 35 milhões de pesos colombianos (aproximadamente 45 mil reais), um certificado e um exemplar da escultura “Gabriel”, criada pelo artista colombiano Antonio Caro.