notícias

Veículos da Ajor são selecionados para programa de treinamento em inteligência artificial

por | ago 2, 2022

Iniciativa quer democratizar o uso da tecnologia em pequenos e médios veículos de comunicação

O JournalismAI Academy for Small Newsrooms (Academia de jornalismo em IA  para pequenas redações, em tradução livre) acaba de divulgar os veículos selecionados para a segunda turma do programa de treinamento em inteligência artificial para aprimorar o uso da tecnologia no jornalismo.

Ao todo, 40 iniciativas de toda a América e Ásia-Pacífico foram escolhidas, incluindo três organizações associadas à Ajor: Amazônia Real, Eficientes e Emerge Mag. A iniciativa é realizada pelo time da JournalismAI, da London School of Economics and Political Science (LSE), com o apoio da Google News Initiative.

A partir de setembro de 2022, os representantes de cada veículo participarão de uma série de masterclasses ministradas por especialistas na interseção entre jornalismo e inteligência artificial, além de desenvolverem projetos práticos para a aplicação da tecnologia em suas redações. 

“Estamos muito felizes por termos sido selecionados. Foi o primeiro edital que conseguimos ser aprovados depois de quatro anos de história e acredito que será um grande divisor de águas”, afirma Larissa Pontes, Diretora Executiva do Eficientes. “As pessoas com deficiência são alvos de fakes news por não terem ferramentas acessíveis para verificar se aquela notícia é falsa ou verdadeira. Esperamos aprender mais sobre inteligência artificial e como podemos utilizá-la no nosso jornalismo, sempre com o objetivo de combater a desinformação, produzir conteúdo de qualidade e acessível para as pessoas com deficiência”.

Para Eduardo Nunomura, editor de especiais da Amazônia Real, o curso vai permitir que a organização desenvolva novos produtos que possam alargar a divulgação e o compartilhamento de conteúdos: “Nos dias de hoje, para sermos investigativos precisamos adentrar nas fronteiras do digital”. 

Karoline Pinheiro, Diretora de Produtos da Emerge Mag, acredita que o treinamento vai permitir que a iniciativa trace estratégias para inserir mais tecnologia em sua operação jornalística, além de possibilitar conexões com outros veículos com o objetivo de desenvolver soluções tecnológicas colaborativas: “Somos um veículo que nasceu graças ao advento do digital, fazemos uso de uma série de aplicações. Contudo, entendemos que é crucial elevar o nível de automatização do nosso fazer jornalístico, tanto para atender ainda mais as necessidades do nosso público, quanto para trazer mais eficiência ao trabalho da redação e assegurar nossa sustentabilidade financeira”. 

Imagem: Evangeline Shaw / Unsplash