notícias

Alma Preta disponibiliza manual de redação antirracista para download

por | nov 21, 2023

Veículo busca democratizar o acesso ao material e ampliar debate sobre o jornalismo antirracista

Em comemoração à data da Consciência Negra celebrada na última segunda-feira (20), a Alma Preta, organização associada à Ajor, disponibilizou o livro “Manual de Redação: o Jornalismo Antirracista a partir da Experiência da Alma Preta” para download gratuito. 

“Nossa expectativa é a de democratizar o acesso a um material importante para a imprensa brasileira. O livro resgata a história da imprensa negra brasileira e oferece caminhos para uma comunicação antirracista e um jornalismo ético, técnico e de interesse público”, afirma Victor Oliveira, gerente de projetos e coautor do manual.

Para baixar, é necessário acessar a home do site no desktop e informar nome completo e e-mail no box indicado.

Lançada no dia 9 de agosto deste ano, em São Paulo, a publicação é fruto de três anos de estudo e trabalho com pesquisadores, jornalistas e estudantes, sendo um marco para a discussão sobre o jornalismo brasileiro a partir das relações raciais.

A produção do livro contou com o apoio em pesquisa e consultoria da historiadora Ana Flávia Magalhães Pinto, que além de presidir o Arquivo Nacional é professora da UnB; e do jornalista Juarez Xavier, professor e vice-diretor da FAAC (Faculdade de Artes, Arquitetura e Comunicação) da UNESP.

O primeiro periódico protagonizado e direcionado para a população negra foi publicado no dia 14 de setembro em 1833, no Rio de Janeiro, com o jornal “O Homem de Cor”. As repórteres da Alma Preta, Caroline Nunes e Dindara Paz trazem um panorama dos 190 anos de história da imprensa negra no país sintetizada no manual.

Ilustração: Nathi de Souza e Dora Lia/Alma Preta.