notícias

Apenas três das 187 verificações do Comprova desde abril eram verdadeiras

por | jan 7, 2022

Por Victor Félix. 

Este post foi publicado originalmente pelo Portal dos Jornalistas, em 04.jan.2021. 

O projeto Comprova, consórcio de veículos de imprensa especializado na verificação de conteúdo, anunciou que foram
consideradas verdadeiras apenas três das 187 checagens realizadas desde abril de 2021. Todas as outras receberam rótulo de enganoso ou falso.

A fase em questão, a quarta do projeto, foi marcada por temas relacionados à pandemia de Covid-19. Do total, 119 foram
verificações de conteúdos suspeitos que obtiveram grande alcance, principalmente sobre temas como vacinas e tratamentos ineficazes contra a doença. O projeto também detectou 34 postagens enganosas sobre políticas públicas do Governo Federal, e outras 34 sobre as eleições presidenciais de 2022.

A quarta fase contou com a colaboração de 53 repórteres, divididos em grupos de três jornalistas, em média. O projeto só publica verificações que foram validadas por pelo menos outros três veículos que não fizeram parte do processo de verificação, com o objetivo de reduzir as chances de erro. O Comprova também teve o apoio de estudantes da Faap e da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji).

O Comprova tem se esforçado para entender o processo de desinformação no Brasil, ouvindo também as pessoas que publicaram os conteúdos investigados e analisando o contexto das publicações. O projeto buscou ainda mostrar o impacto que a informação falsa, não apenas através de números e dados, mas como isso afeta as pessoas. 

Criado por iniciativa da First Draft, o Comprova é um projeto colaborativo liderado pela Abraji, com participação de 33 organizações de mídia. A quinta fase da iniciativa iniciou nessa segunda-feira (3/1).