notícias

‘Project Oasis’ vai mapear mídia nativa digital no Brasil em parceria com a Ajor

por | set 20, 2023

A Associação é uma das organizações apoiadoras da nova fase do estudo, que pretende analisar mais de 2,5 mil veículos de notícia em 68 países da América Latina

O ‘Project Oasis’ é uma pesquisa sobre sustentabilidade e inovação de organizações de jornalismo nativas digitais iniciada em 2019 na América do Norte e que, nos próximos meses, em parceria com a Ajor (Associação de Jornalismo Digital), vai incluir pela primeira vez informações sobre veículos brasileiros em seu diretório. O objetivo é criar uma base de dados global sobre o ecossistema de jornalismo digital. 

A Ajor faz parte do grupo de organizações aliadas à SembraMedia, líder do programa, na construção do diretório global e coordenará a aplicação inédita do estudo no Brasil, além de apoiar na análise de dados sobre veículos de jornalismo brasileiros. A iniciativa tem o apoio da Google News Initiative. O grupo de parceiros inclui, também, LION Publishers (América do Norte) e European Journalism Centre, Media and Journalism Research Center, Global Forum for Media Development e International Media Support (Europa).

A nova fase da pesquisa tem o objetivo fortalecer os diretórios de veículos da América do Norte, Europa e América Latina. A expectativa é de que mais de 2,5 mil organizações de notícias, de 68 países da região, sejam mapeadas e analisadas. A pesquisa também vai ampliar o diretório formado por redações da Ásia, África e Oriente Médio. O primeiro relatório global e a base de dados completa serão publicados em 2024.

“Anos de pesquisa e análise de meios de comunicação independentes nos ensinaram que seu mapeamento leva a inúmeros impactos positivos no ecossistema de notícias”, afirma Ana Paula Valacco, diretora do Project Oasis Global. “Estamos certos de que uma base de dados global ajudará os líderes dos meios de comunicação, os financiadores, as organizações de apoio ao jornalismo e outros interessados a compreender melhor as diferenças e semelhanças regionais, a identificar tendências que afetam os meios de comunicação agora e no futuro, e a fornecer possibilidades sobre como aumentar o sucesso de organizações independentes em todo o mundo”, completa. 

A aplicação da pesquisa no Brasil será coordenada pelo professor e consultor Marcelo Fontoura, com o apoio de pesquisadores regionais. Fontoura é um dos pesquisadores responsáveis pelo Atlas da Notícia, que será usado como base de dados para o mapeamento de veículos brasileiros.

“Estamos muito honrados em poder ajudar na expansão do Project Oasis incluindo dados sobre o ecossistema do jornalismo nativo digital brasileiro, que é plural, diverso e está em constante evolução. A pesquisa vai fornecer insights valiosos para este setor e também para a academia do país. Esperamos contribuir para o aumento da visibilidade global do conteúdo produzido pelas nossas associadas, assim como de todo o ecossistema brasileiro”, afirma Maia Fortes, diretora-executiva da Ajor. 

As entrevistas serão aplicadas a partir de 9 de outubro. Para participar, é necessário que o veículo seja nativo digital, publique conteúdo original e de interesse público, tenha independência editorial e seja transparente em relação aos seus fundadores, funcionários e políticas de financiamento. Iniciativas com distribuição exclusiva por redes sociais ou plataformas de newsletters podem ser incluídas, contanto que sigam os critérios acima definidos. 

Para dúvidas sobre a pesquisa ou pedidos para a inclusão de veículos no programa, contate [email protected] 

Para saber mais sobre o Project Oasis Global, acesse este link.