notícias

Saiba Mais cria projeto para combater desertos de notícias no Rio Grande do Norte

por | nov 28, 2023

O “Saiba Mais de Perto” amplia cobertura local para alcançar 40% da população do estado

Organização associada à Ajor, a Agência Saiba Mais acaba de lançar o “Saiba Mais de Perto”, iniciativa inédita voltada ao enfrentamento dos desertos de notícias no Rio Grande do Norte, com representantes em diversas regiões do estado. 

A expressão desertos de notícias é usada para definir lugares que enfrentam uma dupla ausência: a falta de veículos de comunicação e de jornalistas; mas também a ausência de cobertura local de jornalismo.

De acordo com o Atlas da Notícia, 76,6% dos municípios potiguares não têm cobertura local e diversificada de jornalismo, tornando o estado líder, proporcionalmente, nesse cenário desafiador. O levantamento é um projeto do Instituto para o Desenvolvimento do Jornalismo (Projor) em parceria com o Volt Data Lab. A iniciativa teve sua primeira edição em 2017 e já registrou mais de 13 mil veículos jornalísticos em todo o país.

Para Rafael Duarte, diretor executivo da Saiba Mais, as consequências da falta de cobertura local de jornalismo são a falta de representatividade das comunidades e a brecha para a disseminação de desinformação: “A gente tem buscado trabalhar essa questão dos desertos de notícias há quase dois anos. Em 2022, fomos selecionados em um edital de combate à desinformação nas eleições e pagamos bolsas a estudantes, priorizando os que moravam em regiões sem cobertura local de jornalismo para produzir reportagens sobre eleições em municípios nesse espectro”.

Já em 2023, por meio do programa Acelerando Negócios Digitais, do ICFJ (International Center for Journalists) e Meta, com apoio institucional da Ajor, o veículo contratou repórteres em três territórios com escassez de jornalismo local para contar histórias sobre as realidades desses lugares. “O olhar de alguém da comunidade sobre a comunidade. Esse é o principal objetivo. Contribuir para que as pessoas que moram nessas localidades se reconheçam e vejam a identidade, a cultura, os desafios e os problemas dessas regiões contados por eles mesmos”, afirma Duarte.

O conteúdo jornalístico começou a ser publicado na primeira quinzena de novembro. Juntas, as três regiões – Oeste, Seridó e Zona Norte de Natal – contam com mais de 1,4 milhão de habitantes, o equivalente a 40% da população do Rio Grande do Norte. São 779 mil habitantes no Oeste, 292 mil no Seridó; e aproximadamente 350 mil pessoas morando na Zona Norte de Natal.

Futuro do projeto

A iniciativa agora busca ampliar a rede de leitores no interior do estado e acompanhar o desdobramento das histórias nas comunidades onde estão atuando e as possíveis consequências nas regiões. 

“Ao final de dois meses, vamos fazer uma avaliação conjunta com toda equipe, ajustar possíveis falhas e reapresentar o projeto, de posse dos resultados, para possíveis patrocinadores”, detalha Duarte.

A Saiba Mais também estruturou o setor comercial com o objetivo de viabilizar recursos a fim de garantir a permanência dos repórteres contratados para o projeto por um período maior na equipe e suprir as necessidades de informações nesses territórios.